O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




segunda-feira, 1 de março de 2010

O poder da Músca




Existe um som no ar,
límpido, cristalino, hipnotizante
que revela segredos escondidos
nos recantos remotos da mente
Desvenda mistérios
camuflados pelo tempo
Reabre velhos baús
trazendo à tona saudades
A melancolia bate à porta
ao som do sax que sopra
em notas suaves, vibrantes
num solo inebriante,
de pleno sentimento
O coração desavisado,
tem sua alma solada
por essa notas emocionais
Os olhos já não contêm a emoção,
vertem-se em lágrimas cristalinas
Esse poder que a música exerce,
encantando a alma sensível.


Ianê Mello




Diálogos Poéticos - Colaboradores: Ianê Mello

2 comentários:

LLacerda disse...

A music tem um poder incrível. Ela mexe com nosa alma.

jairo de salinas disse...

A música é linguagem universal. Não pelas letras que a cantam, mas pelos solos, harmonias e ritmos que a faz com que seja uma arte verdadeiramente diferenciada e acessível à toda e qualquer cultura.
"Eu pensei te dizer tantas coisas. Mas pra quê, se eu tenho a música".
Parabéns!

Related Posts with Thumbnails