O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

A beleza vem de dentro

 

Não basta abrir a janela
Para ver os campos e os rios
Não é bastante não ser cego
para ver as árvores e as flores
É preciso também não ter filosofia nenhuma.
Com filosofia não há árvores: há idéias apenas.
Há só cada um de nós, como uma cave
Há só uma janela fechada e todo o mundo lá fora
E um sonho do que se poderia ver se a janela se abrisse,
Que nunca é o que se vê quando se abre a janela


Alberto Caeiro

Desafio Poético : Vamos criar a partir do poema?...


Nossos olhos vêem 
o que sente nossa alma
A beleza só existe
porque apreciamos o belo
Se podemos apreciá-lo
é por fazer parte de nós
Nós somos belos
em nossa essência pura
A beleza em nós se manifesta
em pequenos gestos
em palavras de ternura
em olhares de compaixão
em atitudes de amor
A beleza está em nós
é parte do nosso ser
Pena que nem todos
tenham consciência disso
O mundo seria melhor
se cada um enxergasse 
sua própria beleza
e a manifestasse ao mundo,
como uma oferta de amor
Quando  a janela se abrisse
o mundo voltaria a sorrir


Ianê Mello






Diálogo Poético - Colaboradores: Lice Soares, Ianê Mello

4 comentários:

Maria José disse...

Amiga. Os poemas que você posta são lindos, profundos e reflexivos. O seu espaço é gostoso, bonito e traz paz. Obrigada por sua visita ao Arca. A sua presença é sempre muito importante para mim. Beijos.

Ianê Mello disse...

Maria José,

fico muito grata por seu comentário.

Esse blog é interativo. Pode participar, se quiser. É só me avisar e mandar seu e.mail para cadastrá-la.

Conheça meus outros blogs também.

É só linkar na lateral que lá estão todos eles.

Beijos.

Isidro Jesus Cedrés González disse...

Amiga Iané Mello.
Precioso blog.
Me gustó mucho tu poema lleno de armonía y gozo.
En el fondo es lo que todos buscamos, paz y amor. Lo has logrado.
Un abrazo, y hasta pronto.
Jecego.

Ianê Mello disse...

Isidro,

fico feliz que você goste.

Com certeza é que todos buscamos.

Un abrazo.

Related Posts with Thumbnails