O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




domingo, 21 de fevereiro de 2010

Impossivel esquecer...





















Você me fez acreditar que
Nada existe sem amor.
Vivi uma paixão
Que eu nunca pensei existir...


Mas eu não fui suficiente
Para você...
Você foi minha vida
Eu fui apenas
um capítulo da sua...



Queria tanto esquecer
A luz dos seus olhos
O tom de sua voz,
seu jeito de falar
Seu sorriso lindo

Mas não posso...
Esquecer-te
seria deixar de viver.

Tenho criado mundos
De fantasias
Para conseguir sobreviver
Mas não quero inventar
Mais nada...


Quero viver a intensidade do amor
Ter um encontro de peles
te tocar te sentir
Mesmo que seja
por breve instantes...


Quero e desejo o impossível:
Voltar a ter você!...


Maria Bonfá


6 comentários:

Juliana Cordeiro de O.Silva disse...

Oláa ! Eu mao seu blogger ! vou te dar um selo !
eu faço Letras e amo seus diálogos poéticos!!

Isidro Jesus Cedrés González disse...

Me gusta tu blog, tambien el sentimiento que pones en lo que escribes.
Te percibo a traves de tus palabras y me gustas.
Un abrazo.
Hasta pronto.
Jecego.
PD. Espero tu visita.

LLacerda disse...

acho que nos momentos mais tristes escrevemos poesias mais lindas, mesmo com tanta dor no coração.

Marcelino disse...

Muito bom o texto de Bonfá. Parabéns!

Ianê Mello disse...

Agradecimentos à todos os amigos.

Beijos.

Leila disse...

As palavras tocam meu coração. O desejo é tão corajoso

Related Posts with Thumbnails