O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




domingo, 7 de novembro de 2010

Enquanto Ela!...



Enquanto Ela!...


A existência sem ela é vazia...
Quis sentir as palavras que ela crê!
No âmago há a dor que ninguém vê;
— Vi a beleza na história que eu lia!...


Na pele dói tudo o que ela dizia...
Pensei tê-la numa única vez!
Das quatro horas: — Lá estava às três
Numa solidão que ninguém via...


Das verdades do conto da raposa;
... sofro tudo enquanto ela repousa
E, escrevo algo nas folhas do jardim!


Ah! Trajeto triste pra que se vive!
Sofro do amor real que ainda tive,
No entanto morro no riso sem fim!...


Machado de Carlos


Recanto das Letras








6 comentários:

Hanukká disse...

Inê querida, vim deixar um abraço no teu coração.(Valquiria Calado)

Bom domingo, abraço.

Provérbio 16- 1,2,3.


Do homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua.

Todos os caminhos do homem são puros aos seus olhos, mas o SENHOR pesa o espírito.

Confia ao SENHOR as tuas obras, e teus pensamentos serão estabelecidos

Ianê Mello disse...

Ah, é você... Hanukká.
Obrigada, querida amiga.
Grande Beijo.

Mgomes - Santa Cruz disse...

Ianê: Lindo poema de Machado Carlos, não conheço mas deve ser um grande poeta.
Beijos
Santa Cruz

Paulo Francisco disse...

Passeando pelo seu blog. Que você tenha uma semana de paz. Um abraço!

Amor feito Poesia disse...

BOM DIAAAAAAAAAAAAAAAAA
SAUDADES>>>>AMEI SEU NOVO BLOG
BEIJUSSSSSSSSSSSSSS

Ianê Mello disse...

Obrigada amigos pela presença que ilumina em palavras gentis.

Nosso amigo Machado de Carlos é um excelente poeta, que se dedica a compor sonetos.

Grande beijo a todos.

Related Posts with Thumbnails