O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




sexta-feira, 26 de novembro de 2010

AFORISMOS CRIADOS COM COR




Cor é consciência, o contrário é um nada, apenas uma quimera.

A vida sem cor seria cinza.

Toda cor está de visita.

A cor é a música dos olhos.

Melhor ser uma cor em ação do que uma cor em projeto.

A cor colore a vida.

Quando um camaleão encontra a cor, qual é a verdadeira cor?

Toda cor para existir precisa de olhos que a vejam.

Não existe ausência de cores. Possivelmente até o vazio absoluto, o nada, seja colorido.

Como existiria o arco-íris se não existissem as cores?

A cor nunca é desocupada, ela trabalha por si e para tudo que anuncia.

Para cada nota musical um tom, para cada cor uma nuance.

Habitamos a cor e somos cores.

A cor representa um estado de espírito.

Quando a cor é inventada, a verdade nunca é colorida.

A cor habita em tudo que nos rodeia.

A cor pura tem alma de fogo. Ela é puro incêndio.

O amor é cor que incendeia.

Cor é luz mais o olhar atento.

A escuridão é a ausência de cor.

Mas, afinal, o que é a cor sem a cor?

Será o branco o símbolo da paz por conter nele todas as cores?

Venham cores, fiquem à vontade, o pão e o vinho lhes serão servido!

Cores de amores, cores de flores, cores que representam sabores.



Beto Palaio e Ianê Mello

3 comentários:

Jairo Cerqueira disse...

Um poema com cores, imagens e sons.
Super legal!
Bom final de semana pra vo6!

Mgomes - Santa Cruz disse...

Iané: Lindo um poema com cor e imagens adorei.
Beijos
Santa Cruz

Beto Palaio disse...

Ficou lindo, mo

Related Posts with Thumbnails