O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




domingo, 17 de outubro de 2010

Saudoso




Que a beleza de tua áurea
Seja em mim clara e bela
Que você esteja presente
E eu amor a ti ardente
Quero mais a felicidade
Mesmo na nossa idade
Teu sorriso me ilumine
E me deixe assim sublime
Quero desejo e tua sedução
Para meu corpo em aflição
Que faça de mim tua cama
Que deite e faça tua fama
E depois um macarrão
E voltemos a nossa união
Estou saudoso de ti

Ulisses Reis®

6 comentários:

Marcelino disse...

O prosaico macarrão deu um tom especial ao texto: romÂntico, real, verdadeiro.

Marta disse...

Prometi que não falaria sobre a saudade...
Mas aqui estou, a quebrar a promessa feita...
Se vou arder no Inferno?
Por vezes, a própria vida torna-se num inferno...
Porque não posso viver sem ti....
A saudade grita em mim...
É a minha sombra...o meu veneno....
Nunca me diz quando voltas.....

Beijos e abraços
Marta

Cria disse...

Maravilhosa postagem, parabéns ! Meu carinho e o desejo de uma boa semana.

Jairo Cerqueira disse...

Parabéns pelo texto carregado de poesia, Ulisses. Um abraço.

Almeida Lucius ™/ Ulisses Reis ®/Heleno Vieira de Oliveira disse...

MUito obrigado pelo carinho aqui me sinto em casa, pois só tenho ao meu redor Seres Especiais, uma abrço e um Beijo!

★★ GIZA ★★ disse...

OLA
ADOREI SEU BLOG E ESTOU TE SEGUINDO.
TE CONVIDO A ME FAZER UMA VISITA:
WWW.FLORDELOTUS29.BLOGSPOT.COM
ME SIGA. VOU ADORAR QUE SEJAMOS AMIGAS
BEIJOS

Related Posts with Thumbnails