O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




segunda-feira, 25 de outubro de 2010

AFORISMOS CRIADOS COM TEMPO

Salvador Dali


Como num carrossel, dentro dele, com ele, para ele, estamos a girar, infinitamente, o tempo e nós.

O tempo é o melhor remédio para curar as feridas.

O tempo é infindável.  Alguns dizem que ele não existe. De qualquer forma o que não existe é, do mesmo modo, infindável.

O tempo é relativo. Depende de quem espera.

Não assinalamos o tempo, é ele quem nos assinala.

O tempo tem vontade própria. Às vezes corre, outras demora a passar. Gosta de brincar com nossa paciência.

O relógio é um imitador do tempo. O tempo mesmo não cabe em nenhum relógio.

O tempo pode ser perverso. Nos empurra para frente com seus ponteiros de relógio quando queremos apenas parar.

Tempo de plantar, tempo de colher. Tudo segue a lógica do Eclesiastes onde o que se faz precede o resultado do ato. Em tudo está a semente e o fruto. 

O tempo por vezes escorre de nossas mãos e não há como retê-lo.

O tempo é pequeno para quem é grande.

Tempo que corre sem nada esperar, vida que morre bem devagar.

O pensamento habita a vida em paz, a vida é que se digladia com o tempo.

Na vida há tempo para tudo: tempo para amar, tempo para beijar. Tempo para sorrir, tempo para chorar. Só não há tempo para impedir o tempo de passar. 

O tempo nunca envelhece, nós não temos a mesma sorte.

Não há um tempo restrito para o amor. A vida não o comporta.

O tempo no teatro é o mesmo que na vida onde abrem-se as cortinas e começa o espetáculo.

O tempo rege a vida e a tira, subitamente. 

O tempo nunca está onde pensamos, mas sempre lhe atribuímos responsabilidades.

A eternidade se faz num único instante. Só o tempo abrange todos os seres que viveram ou os que viverão. Neste sentido o tempo pode ser chamado de Deus.

Tempo-rei transformai cada segundo num raro momento de  beleza que eterniza, de forma que quando o tempo se acabe não me doa o tempo que perdi.

"Tens tempo!”, nenhuma mentira é maior que essa na face da Terra.

Tempo, seja benevolente, não me falte nos momentos de alegria e prazer.

Tudo é tão relativo com o tempo. Os amantes pedem a mágica de uma noite de amor que nunca acabe. O casal em ódio pede que a mesma noite nunca houvesse existido.

O tempo que se tem é o mesmo que se vai. O tempo é ilusão.

O julgamento é atributo do tempo, nele somos seus únicos réus.

Tempo, me perdoe a pressa, tenho que viver cada momento.

O final de um livro não delimita o pensamento do autor.

Quero ter tempo de viver o que preciso para ao findar do tempo sentir que valeu a pena.

Prolongamos, mas o tempo resume.

Quem vive em função do tempo limita sua vida ao imediato.

O tempo é um arquivista onde a História é apenas coadjuvante.

Somos prisioneiros do tempo e a ele nos curvamos em adoração.

Em geral mata-se o tempo, mas ele tem para nós uma réplica infalível.

Tempo que mata as ilusões perdidas e  não nos dá tempo de vivê-las.

Dê tempo ao tempo e ele te devolverá menos tempo.

Tempo que urge à espreita enquanto observamos sua passagem sem nada poder fazer.

O tempo é longo e a vida é breve.


Beto Palaio e Ianê Mello






Tempo, que tempo ?
O tempo com tempo
que já passou...???
O tempo sem tempo
...que é o de agora...???
O tempo com tempo
para gostar
para amar
para bailar
para rir
para dar
esse tempo vai faltando
e nós pela vida passando
com vontade de chorar
por já não poder voltar
a rir
nem a bailar
nem a brincar...
Ah !... mas não vamos desistir
vamos ainda
gostar e amar
para poder sorrir
e se possivel bailar
e a amizade encontrar
aqui....ou noutro lugar...







Joaquim Vale Cruz 


4 comentários:

Ana Tapadas disse...

Ah...o tempo,o tempo! Quem me dera ser senhora dele, assim seria rica.
Beijo

Manuel disse...

Adoro este quadro e penso:
Que bem ficava numa parede da minha casa!
Adorei todos esses aforismos.

Vanessa Nolasco disse...

...Temporalidade é uma senhora sem idade que teima em corromper nossos instantes...E assim corremos atrás do que se faz distante...

Aforismos com Dalí? Eu acolho as palavras e do quadro diluindo-se construo outras verdades; com ou sem veracidade!
BJUS,maravilhoso!!!

Benfazeja Comunidade Literária disse...

"Não há um tempo restrito para o amor. A vida não o comporta."

Poema intenso... parabéns!

Site Comunidade Literária Benfazeja

Related Posts with Thumbnails