O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




sábado, 23 de outubro de 2010

AFORISMOS CRIADOS COM MÚSICA









A música é devaneio para as amarras do espírito.


A música é catarse para a alma.


A música é poesia num confronto e ajuste de notas.


Música é harmonia que nos remete ao mundo dos sonhos.


O mundo foi criado com música. O fiat-lux é a primeira música jamais criada.


A música é vida que pulsa em acordes.


Flores que se abrem na primavera produzem música. A chuva canta no inicio do inverno, repetindo o coro das folhas que caíram no outono. Mas a maior música de todas as estações é a da cigarra que renova seu repertório todo verão.


O rouxinol a entoar suas belas notas, o apito do trem na estação, a criança que chora, a chuva a cair,o farfalhar das folhas ao chão.  Os sons da natureza são música de rara beleza. A música é vida.


A música é um pedido de SOS em pleno mar da existência.


A voz amada é música quando sussurra em nossos ouvidos ternas palavras de amor.


Criar música é renascer em acordes.


Cantar é musicar os sentimentos da alma. É curar as feridas do coração. 


Toda arte é música que se condensa, cada qual, em formas e conteúdos diversos.


Se a música não existisse, eu a inventaria.


Com a música nos entregamos ao mar da existência absoluta.


A vida sem música é um cinema mudo.


Faça da música a sua melhor cadeira de balanço.


A música é a arte primeira pois que da natureza se originou.


O farfalhar da folhas ao vento é uma das mais belas músicas na sinfonia do existir.


A palavra é música que quando mal proferida fere os ouvidos.


Música sim, música não, música sim, música não, música sim, música não... Hoje a margarida, ao recusar música, estava exigindo silêncios inadiáveis.


Música é arte, é expressão do belo, é soberana em sua inteireza. Leveza que acalma, cimento que sedimenta. No amor, é sempre atenta.
É pungente na oração.  Música que embala o coração.


Quem tem a música como companheira nunca dorme só ao relento.


Música, canção que afaga a alma, aos dissabores acalma.


Pegue na mão da música e deixe voar o tempo.


A música que ecoa no ar banha o universo em luz.


Socorro, gritaram os Beatles; Satisfação cantaram os Rolling Stones; Que Lindo Mundo Esse Nosso, entoou Louis Armstrong; Vivam ao Som da Música, reafirmou Julie Andrews.


A música é a expressão da alma em notas de alento, de amor, de revolta, de dor e felicidade.


A música retrata a saudade, os amores febris e tantos ardis. Música... ritmo do coração a pulsar.


Fomos, somos, e sempre seremos música.


Beto Palaio e Ianê Mello




Com a música no meu Coro
e a música no coração
vou começar um poema
mas ficarei no dilema
se a hei-de cantar...
sim ou não...???
Pois se os Von Trapp
a cantaram
e lhe deram emoção
quem sou eu p'ra não cantar
se a música é minha paixão...
Canto a solo
e canto em coro
pois a música tem o condão
de mesmo estando tristes
nos alegrar o coração...
A música é som divino
que nos inspira sentimentos
elevados, ternurentos
e transmite o doce encanto
que nos faz chegar o pranto
e até nos embarga a voz...
Mas sem música, eu não vivo
pois ela dá-me o motivo
para eu contigo dançar
e se isso acontecer
nós podemos reviver
tempos lindos já passados
que nunca vamos esquecer...





Joaquim Vale Cruz

7 comentários:

Di disse...

O que seria de nós sem música?

Colecionadora de Silêncios disse...

Adorei todos!!! :)

Beijos

Ianê Mello disse...

Com certeza, Di. Bjs.

Ianê Mello disse...

Com certeza, Di. Bjs.

Ianê Mello disse...

Com certeza, Di. Bjs.

Ianê Mello disse...

Obrigada, amiga Colecionadora. Bjs.

Ianê Mello disse...

Obrigada, amiga Colecionadora. Bjs.

Related Posts with Thumbnails