O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




sexta-feira, 24 de setembro de 2010

A Tua Espera / Vida e Arte




Esse amor me domina
penetra em todos os meus poros
me desgoverna...
Me sinto criança
feliz na descoberta dos sentidos
Adolescente apaixonada
Pernas trêmulas, friozinho na barriga
a espera do primeiro namorado
Ansiosa pelo encontro
por olhá-lo nos olhos,
sentir tua pele,
teu toque em meu rosto
Já sou tua,
como num juramento cigano
Somos unos, em perfeita comunhão
Sonhamos os mesmos sonhos,
partilhamos os mesmos desejos
Te ver é só o que quero
Sentir-me em seus fortes braços
desmanchar-me num abraço
Ser sua sem medidas...
toda, inteira e completamente
Tua Flor
Teu amor
Teu bem-querer
Tua fonte de prazer
Onde desaguará suas águas
como um rio caudaloso
ao encontro do mar
Te espero ao contar das horas
Ao seguir dos dias que se passam
Vivo meus dias para esperar-te

Ianê Mello


Vida e Arte

...tinha-me saturado da poesia
do mar: vive de espumas, de nuvens
e de estrelas ao relento, de sonhos
dourados e risonhas esperanças;

Sentia enfim a sede da vida
flor que desabrocha aos toques
duma imaginação de anos
sob o céu azul da mídia múltipla.

— Que linda menina de olhos claros,
Como deve ser pura a sua alma
Que mora naquele rosto mimoso!

Sem provocação e sem vaidade
Ela sorri nos lábios e na alma
O homem que a ama deve ser feliz!


Machado de Carlos

DEIXA EU SER SUA MENINA


Faça-me hoje tua
Menina Nua
Sem medo, culpa, drama
As peças da Dama
deixe-as no fundo falso
daquela gaveta
em que guarda os velhos traumas
de infância.
Deixa eu ser tua Menina...
Cubra-me de sonhos
Eu guardo teus segredos
no meu mistério mais íntimo.
De ti não escondo nenhum desejo
Tu és meu Maior Anseio
protelado ao infinito.
A tua dor
essa tempestade sombria e negra
atrás da Montanha
está a cura: o arco-íris
que vou te entregar
junto com meus beijos
enlameados de amor
e enlouquecidos por ti.


Lou Albergaria

DIÁLOGOS POÉTICOS: IANÊ MELLO, MACHADO DE CARLOS, LOU ALBERGARIA

11 comentários:

Luiza Maciel Nogueira disse...

lindíssimo!
beijo

Ianê Mello disse...

Obrigada, Luiza.
Bj.

Sílc disse...

Ianê lindo! Teu amor, tua flor, teu bem querer! Obrigada pelo deleite!
Fica aqui um convite com profundo respeito:
Nova Postagem na minha Casa.
Espero sua visita, e um retalho se desejar. Será uma honra ve-la passear por lá.
com amor e carinho,
Sílvia
http://www.silviacostardi.com/

Helena Castelli disse...

... que encanto que é este canto!
transborda poesia...

beijos com carinho.

Verânia Aguiar disse...

lindo :)

Lou Albergaria disse...

Magnífico post!

Poemas belíssimos e a imagem também maravilhosa!

Parabéns aos meus dois parceiros que adoro, Ianê e Machado!!!

SUPER BEIJO!!!

Ianê Mello disse...

Obrigada à todas pelos carinhosos comentários.

Parabéns , Lou, pelo belíssimo poema.

Bjs à todas.

Wagner Ortiz disse...

Interessante! Adorei a foto também!

Parabéns!

Solange disse...

Ianê..
por que esse amor sempre acaba em versos?

bjs.Sol

Ianê Mello disse...

obrigada, Wagner, volte sempre.
Bjs.

Ianê Mello disse...

Solange,

não é que você tem razão.

O amor é inspirador.

Bjs.

Related Posts with Thumbnails