O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Chama Vazia




A solidão se faz companheira
em momentos como esse
Sonhos que se dissipam
como poeira ao vento

apagando
a chama fria
deste último Verão
aquecida em fios de lã
que envolvem meu corpo

sinto o corpo morto
num despejo de mim
me despeço do que fui
pra me tornar o que almejo

balançando
neste Mar desconectado...
assassino silencioso
erótico borbulhar...
venci... parei...


Ianê Mello / JC Patrao




Solidão
Chama Fria
Não Quero te tão Vazia
Com tão grande coração

Não Quero o teu corpo morto
Nem um despejo assim
Algo se Passa de mal
Nas Linhas do teu mural


Não Quero que a noite te invada
Pois um erótico borbulhar
Acenderá teu Olhar
Quais Lindos Olhos de Fada
Em que a  Chama não se apaga apaga
nem o breu de Horas vazias
Invadirá mais seus dias ...


Joaquim Cruz Vale

CORPO VAGO HORAS VAZIAS



Os olhares perpassam
a silhueta nua
Seguram pelas ancas
ora vigorosos
ora lentos
O Corpo vibra
trepida, sente...

Espasmo sem ninho
Concha inócua
Não acalenta
nem o primeiro som
Origem dos Mundos.

Quando só o corpo é preenchido
logo fica vago
a fome permanece

Nada sacia...

Continua vagando
por ruas escuras
escondido
em horas vazias de lua.

O Corpo que é sobretudo volúpia
parece esqueleto sem medula.
Perde talvez sua condição mais nobre:
ser o abrigo de uma alma que não flutua.
Só; desdenhosamente ela adormece,
tendo o corpo apenas por moldura.


Lou Albergaria



Diálogo poético:Ianê Mello / JC Patrão, Joaquim Cruz Vale, Lou Albergaria

10 comentários:

Silvia disse...

Passei por aqui depois de algum tempo!
Como sempre, gostei muito!
Parabéns!

http://tuledesilvia.blogspot.com

Solange disse...

em cada linha uma surpresa..
e a certeza de que não estou sozinha nos meus sentimentos..
bjs.Sol

Maria Carolina S, disse...

Lindo poema!!
adorei a primeira estrofe e os dois últimos versos.

Parabéns pelo blog
beijos
M.T

Ianê Mello disse...

Obrigada, queridas.
Voltem sempre,

Bjs.

Jairo Cerqueira disse...

Lindos textos e bela parceria.
Como sempre, não é, Ianê?
Bjs.

Amor feito Poesia disse...

Vem do mar esse gosto de poesia
trazido pelo vento nas areias
a embalar a clara luz do dia...

£uma

Beijos poéticos neste dia! M@ria

Lou Albergaria disse...

Lindos poemas!!!!

Adorei! Parabéns aos dois!!!

Que imagem maravilhosa também!

Beijos a todos!!!

Insana disse...

Perfeito, estou encantada e em delirios.

bjs
Insana

Ianê Mello disse...

Obrigada, Jairo.
E vc , quando aparece para nos prestigiar com seu talento?

Bjs.

Ianê Mello disse...

Obrigada à todos pela carinhosa visita.
Para você, Lou, os meus parabéns. Lindo poema.

Bjs à todos.

Related Posts with Thumbnails