O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




domingo, 17 de janeiro de 2010

Corpo Ocidental



E próxima de ser tão frágil
A tua mão vento brisa
De astrolábio perdido nos sopros do mundo
Sudoeste da tua alma em viagem.


A distância incorpórea deste rumo rumor
Viagem absoluta no globo marítimo da tua luz.
Latitudes, longitudes
Montanhas periféricas dos teus sorrisos límpidos
Astronomia quase acidental
O teu corpo mapa dos mundos
Empíricos como as linhas conhecidas dos livros antigos.


Fortes ou frágeis astros lábios
O teu coração absoluto ou relativo
O seio de todas as naturezas quase mortas, dom interminável
Enquanto essência, explicação e enigma do teu lugar


Nenhum lugar da terra
Em que a nossa coronária convicção se altere
Nenhuma a ciência que explique
A nossa parte etérea do cosmo corpo


Assim tu e eu
Geografia perfeita num conjunto elevado de dois.


(...)


Leonardo B.




Venta a tua mão do
Noroeste. [Não sei se
é vento, brisa ou
monção].




Em torno, tudo é
viagem: eu e o
globo.




Latitudes, longitudes
se descobrem com os
dedos.


Frágeis.





Marcelo Novaes





Diálogo Poético - Colaboradores: Leonardo B., Marcelo Novaes

4 comentários:

Ianê Mello disse...

Leonardo,


Fiquei sem fala e respiração suspensa...

Belísssimo demais, meu amigo!

Linda participação.

Obrigada pelo carinho.

Mil abraços do lado de cá.

Marcelo Novaes disse...

Leonardo,



Esse é um poema "com digital". Há estilo.


O poema se basta. Minha pequena intervenção é "uma maneira de estabelecer diálogo". E só.


Não visa estragar o poema...




Abração, Leonardo.











Marcelo.

Ianê Mello disse...

Marcelo,



você nunca poderia estragar um poema com sua contribuição, meu amigo.

Você só engrandece e complementa com sua pesença e belas palavras.


Obrigada.



Grande beijo.

.Leonardo B. disse...

[mais que assinado por baixo, Amiga Ianê... a palavra é complemento, a palavra é resgate e todo a pequena particula que de letra em letra se constrói mais além... palavra é para habitar]

um imenso abraço, Marcelo
um imenso abraço, Ianê

de alma e coração

Leonardo B.

Related Posts with Thumbnails