O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




segunda-feira, 12 de abril de 2010

O mar e seu mistérios

Vamos fazer uma Poesia Interativa?
Essa bela pintura de Van Gogh é bastante inspiradora, não?
Então, vamos lá...























Pintura de Van Gogh


O mar, belo e profundo
Misterioso em sua imensidão
Eu, barco ancorado
Com vontade de navegar


Ianê Mello

Então aguardo pacientemente
a esperança soprar,
surpreender as ondas
com a ausência de arrogância,
criando em mim,
no mar,
uma nova cartografia.


Marcello Lopes


E quando sopra a esperança
O mistério do mar faz-se paz.
Navego nos seus tesouros...
Se no fundo sou areia
E no topo grandes ondas
Penso-me sereia, busco ouro,
Busco a teia azul que me refaz.

Mirse Maria


Faz tanto tempo que aqui estou
que já confusa não sei quem sou.
Serei o mar, o barco, areia?
Serei o vento, as ondas sereia?
Não sei...
Me vejo náufrago à deriva.

Drica Maclei



Poesia Interativa - Colaboradores: Ianê Mello, Marcello Lopes, Mirce Maria,  Drica Maclei

4 comentários:

ღPat.ღ disse...

Navegando sem direção
Buscando os mistérios
Do Porto Seguro ao coração
Que neste mar imenso...

ღPat.ღ disse...

Ianê, Não aceite este coments!
Se não for assim que é para fazer a continuação, me avise como deve ser e faço outro.
Boa Semana.

Solange disse...

e eu, como um pássaro errante, faço pouso nesse barco e descanso..e me abrigo..e aguardo..

bjs.Sol

Ianê Mello disse...

Obrigada pela visita e comentários.

Grande beijo.

Related Posts with Thumbnails