O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




quinta-feira, 29 de abril de 2010

Liberdade!... Onde está?


Liberdade!
Onde está!?
Fala-se dela mas…
Cego é aquele
Que pensa estar livre.
Liberdade
É uma utopia
É um modo de vida.
Só se está livre
Em pensamento.
Liberdade!...
Onde está!?

Bravo









Está na utopia do 'Livre Arbítrio
Na ilusão da 'Livre escolha'
Na falsa idéia de democracia.
E a natureza, senhora de tudo
Segue dando as cartas
E gargalhando a toa
De toda estupidez humana
Ante às leis causais.

Jairo Cerqueira


Atores, nunca autores.
Fingimos que decidimos
nossas dores, os amores.
Traçado está o caminho
a linha de nosso destino.

Drica


Diálogos Poéticos - Colaboradores : Bravo(imagem e poema),Pintura do Sr. do Vale" De dentro pra fora de fora pra dentro, Jairo Cerqueira, Drica

3 comentários:

Almeida Lucius ™/ Ulisses Reis ®/Heleno Vieira de Oliveira disse...

É mesmo isso se pensarmos onde esta a liberdade, perdida em algum canto do mundo, gostei do pensamento, Abraços!

Ianê Mello disse...

Liberdade, tão perseguida por nós. Até que ponto a temos...

Belíssimos poemas.

Excelente desenho, "Bravo" amigo.

Grande beijo aos dois.

Zélia Guardiano disse...

Parabéns, Jairo!
Parabéns, Bravo!
Dois grandes artistas, dois grandes poetas...
Bravo, você, cada vez mais me encanta! Já disse isto lá no seu bloge e, agora , repito aqui. Nunca será demais ...

Related Posts with Thumbnails