O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




quinta-feira, 1 de julho de 2010

Respondei-me Vós


Pensar ou sentir - que direis vós ao poeta?
Pensar ou sentir - o que cabe ao poeta?



Otelice Soares


As linhas traçadas pelas mãos do poeta
segue o caminho do sentir
Embora possa a razão por vezes interferir
O poeta expressa sua sensibilidade,
 suas dores, seus amores
em versos de profunda paixão
e neles se entrega a mais pura emoção.


Ianê Mello





Diálogo Poético - Colaboradores: Otelice Soares, Ianê Mello


18 comentários:

Helcio Maia disse...

"o poeta é um fingidor...finge tão completamente, que até finge que é dor, a dor qe deveras sente..."

Sentir...eis a medida do poeta, sentir com o corpo, com a alma, com a flora, com a fauna...

Vieira Calado disse...

Saudações poéticas!

,)

ღPat.ღ disse...

Os dois querida Otelice!
Imagem encantadora e indagação que já fiz-me.

Beijinho

Cris disse...

O poeta pensa e sente quando descreve seus mais intímos impulsos.... Beijos

Jairo Cerqueira disse...

"Por não ser alegre e nem ser triste
Pensando como 'Meirelles'
O poeta... o fingidor
Sentindo como 'Pessoa'
Poderá pensar e sentir
Deixando, apenas e tão somente
Que seu inconsciente predomine"!

Parabéns, Otelice.
Bjs - Ianê!

Andreia Hernandes disse...

Ler a chaga, a ferida do texto,
a jorrar verbo e tinta é ler o poeta, tecelão de nós de letras?
Sentir as palavras afiadas cortando na espinha é proposição,
ou persuasão?

Roninho disse...

Boa pergunta... tô refletindo ainda nesse misto que tão bem se completa...

Abraços!

http://nas-pedras-do-arpoador.blogspot.com/

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

O poeta é conhecido mais por sentir. Está sempre um pouco alheio à razão. Afinal o que é razão: parâmetros sociais ou felicidade própria? Abração

Machado de Carlos disse...

PENSO, LOGO EXISTO.

Descartes.

Guí disse...

"Deus perdoa o poeta que erra" Lamartine Babo

Que o erro seja então no excesso do sentir... Razão não cabe.

Marta disse...

Deixa-me sonhar nas palavras com que encantas o meu desejo...
Adivinhas os meus segredos e calas a minha dor...
Brinca com o dourado do Sol e canta-me o azul do Céu..
Nunca te esqueças do meu nome, mesmo que o escondas na letra da tua canção...

Beijos e abraços
Marta

Cria disse...

Impecável, Poeta ! Beijo.

Amor feito Poesia disse...

Tem os que passam
e tudo se passa
com os passos já passados
tem os que partem
da pedra ao vidro
deixam tudo partido
e tem, ainda bem,
os que deixam
a vaga impressão
de ter ficado

Alice Ruiz

Bom Fds com amor e poesia...M@ria

Otelice Soares disse...

Boas respostas.Obrigada.
Continuarei, entretanto, a refletir.Porque,a propósito de Descartes, pensamos apenas?

Ianê Mello disse...

Maravilha, Otelice, minha amiga.

Beijão.

Zélia Guardiano disse...

Parabéns!
Post muito lindo!
Demais...
Abraços

Ianê Mello disse...

Obrigada, Zelia.
Apareça para contribuir com seus belos poemas. Bjs.

Moni. disse...

Fingimento ou estado de pura entrega?

Poeta: ator, diretor?
Expecta-dor?

Somos todos, num único: ser-poesia...

Beijos!

Related Posts with Thumbnails