O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




terça-feira, 20 de julho de 2010

FELIZ DIA DO AMIGO!!!!!


Quero aproveitar o dia de hoje para desejar a todos os amigos que conheci através deste blog MUITA Paz, Harmonia, Equilíbrio e grandes inspirações para podermos continuar nessa Missão linda e atordoada de captar a vida, as emoções, os conflitos e, através das palavras, conseguirmos expressar todo o nosso SENTIMENTO DO MUNDO...

Também para não perder a viagem, quero pedir desculpas ao nosso colega 'blogueiro' Mateus Luciano pelo nosso "Mortal Combat" de ontem, mas sinceramente peço para que não saia deste blog, pois é um espaço muito especial em que conheci pessoas e poetas maravilhosos e extraordinários com uma sensibilidade absolutamente singular. Penso que NÓS DOIS exageramos e infelizmente eu não consigo 'engolir sapo'. Eu sei que faz parte da evolução espiritual "oferecer a outra face", mas eu tô muito, mas muito longe de alcançar esse NIRVANA. Acho que ainda me faltam umas cinco ou seis encarnações ou até mais para atingir esse patamar da evolução cármica. Sendo assim, peço que releve e que você também reflita que não agiu de modo apropriado. Então, partimos a fatura ao meio e fica tudo certo.


E para celebrar esse dia tão especial trago para vocês um texto do Gibran Khalil Gibran, um poeta a quem amo de paixão e espero que gostem também.


Desculpem a todos por qualquer aborrecimento!


Beijos!!! FELIZ DIA DO AMIGO!!!!


"Meu Amigo


Meu Amigo, não sou o que pareço. O que pareço é apenas uma vestimenta cuidadosamente tecida, que me protege de tuas perguntas e te protege da minha negligência.
Meu Amigo, o Eu em mim mora na casa do silêncio, e lá dentro permanecerá para sempre, despercebido, inalcançável.
Não queria que acreditasses no que digo nem confiasses no que faço – pois minhas palavras são teus próprios pensamentos em articulação e meus feitos, tuas próprias esperanças em ação.
Quando dizes: “O vento sopra do leste”, eu digo: “Sim, sopra mesmo do leste”, pois não queria que soubesses que minha mente não mora no vento, mas no mar.
Não podes compreender meus pensamentos, filhos do mar, nem eu gostaria que compreendesses. Gostaria de estar sozinho no mar.
Quando é dia contigo, meu Amigo, é noite comigo. Contudo, mesmo assim falo do meio-dia que dança sobre os montes e da sombra de púrpura que se insinua através do vale: porque não podes ouvir as canções de minhas trevas nem ver minhas asas batendo contra as estrelas – e eu prefiro que não ouças nem vejas. Gostaria de ficar a sós com a noite.
Quando ascendes a teu Céu, eu desço ao meu Inferno – mesmo então chamas-me através do abismo intransponível, “Meu Amigo, Meu Companheiro, Meu Camarada”, e eu te respondo: “Meu Amigo, Meu Companheiro, Meu Camarada” – porque não gostaria que visses meu Inferno. A chama queimaria teus olhos, e a fumaça encheria tuas narinas. E amo demais meu Inferno para querer que o visites. Prefiro ficar sozinho no Inferno.
Amas a Verdade, e a Beleza, e a Retidão. E eu, por tua causa, digo que é bom e decente amar essas coisas. Mas, no meu coração rio-me de teu amor. Mas não gostaria que visses meu riso. Gostaria de rir sozinho.
Meu Amigo, tu és bom e cauteloso e sábio. Tu és perfeito – e eu também, falo contigo sábia e cautelosamente. E, entretanto, sou louco. Porém mascaro minha loucura. Prefiro ser louco sozinho:
Meu Amigo, tu não és meu Amigo, mas como te farei compreender? Meu caminho não é o teu caminho. Contudo juntos marchamos, de mãos dadas."
(Excertos de “O Louco”)

Lou Albergaria

10 comentários:

Jairo Cerqueira disse...

Olá, Lou. Li os comentários anteriores e, totalmente isento de partidarismo, quero deixar aqui a minha admiração por vc (e todos os participantes deste blog)e dizer que somos vítimas de momentos os quais, sequer imaginamos que podíamos passar. Comigo ocorre algo semelhante. Minha ressaca moral me deixa 'pra baixo', mas sempre reflito sobre causas e efeitos e acabo pronto pra... 'beber de novo'. rsrss
Obrigado por trazer Khalil Gibran pra esse contexto.
Feliz dia do amigo!

Jairo Cerqueira disse...

Feliz dia do amigo!
Desejo a todos os participantes desse espaço maravilhoso.
Registro aqui a minha felicidade em poder estar partilhando "cacos" de poesia com todos vocês.

Angel in the dark disse...

Excelente texto e partilha!

Feliz dia de amigo também para ti!
Muita paz e alegria!...

Beijos
Angel

Marta disse...

Lindo, sensível...
Tão bom andar de mão dada e sentir o calor humano....
Bom dia de Amigo para todos....
Beijos e abraços
Marta

Otelice Soares disse...

Também eu, como profunda admiradora de Kalil Gibran, devo agradecer-te por compartilhá-lo conosco.Obrigada.
Um grande abraço.

Ianê Mello disse...

Belíssimo poema de Kalil Gibran. Talvez esteja sensível demais, mas me me fez choarar de emoção.

Feliz dia do amigo à todos, ontem, hoje e amanhãa, pois amigo é para todos os dias e momentos.

Agradeço à todos que aqui estão pela presença carinhosa e pelas belas contribuições que têm dado em forma de prosa ou de poesia, bem como pelos próprios comentários.
Nós juntos fazemos esse blog crescer e isso é maravilhoso!

Grande e carinhoso beijo à todos.

Lou Albergaria disse...

Vocês são absolutamente MA-RA-VI-LHO-SOS!!!!!!!!!

Não é à tôa que este é um dos meus blogs preferidos, pois a energia que perpassa por aqui é muito acolhedora e que nos faz pensar nossos erros e buscar sempre o aprimoramento e a evolução.

Adoro fazer parte disso tudo aqui!

Percebo que poesia não se faz apenas de palavras e versos ritmados, mas do entrelaçamento de ideias e sentimentos com pessoas que nem conhecemos pessoalmente, mas as sentimos dentro da alma e do coração!

Muito obrigada a todos e desculpem pelos meus desatinos!!!!

SUPER BEIJOS!!!!!!

Sinto este blog como uma maravilhosa família e infelizmente muitas vezes extrapolamos e erramos, mas ter a humildade de reconhecer isso, penso que fortalece ainda mais nossos laços de amizade e bem-querer.

E Khalil Gibran é um dos CARAS, sem dúvida alguma. Como aprendo com sua sabedoria e sensibilidade!!! Mas tenho plena consciência que há muito ainda a aprender.

Sílc disse...

Feliz dia do amigo para voc~e também Machado.
fui lá na sua outra Casa e amei o FADO.
Sou sua seguidora lá também. Aqui já estou acostumada e sempre que venho, me delicio com suas cores,e como lá aprendendo com você!
com carinho,
Sílvia
http://www.silviacostardi.com/
PS.: Aguardo sua visita na minha casa. Estou sentindo saudades de um retalhinho seu. rsrss

Sílc disse...

a

VINO MORAIS - ARTISTA PLASTICO disse...

Grande beijo Ianê,hoje e sempre.

Related Posts with Thumbnails