O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




terça-feira, 25 de maio de 2010

AH, O AMOR....


Necessito um Amor
que não precise saber
que dia é hoje
Ou que horas são

Se o time do coração

perdeu ou ganhou.

Necessito um Amor

que se afunde em meu peito

sem precisar abrir

minhas pétalas

Ou sugar-lhe o Néctar.

Necessito um Amor

que pouse mansamente

aconchegue-se

com seu calor, sorriso e querência

olhar devotado em admiração.

Necessito um Amor
que me Deseje
não apenas na Moldura
Nem queira me fazer tua Escultura.
Acaricie minha pele
enevoada e translúcida
em beijos delicados de Ternura.
Anoitecida em Pecado
Amanhecida em Concha
Num Abraço interminável
que Me derreta
toda essa encouraçada Armadura.
Não há Nada mais Redentor
que 'pecar' com quem se Ama...
Mas receio que o Amor não queira mais me Amar.


Lou Albergaria



Amor


Meu amor é incondicional
Tem momentos de ficcional
Mas sempre muito emocional
Daqueles sem razão visceral
Que consome e revela o animal
Que mostra meu interior fractal
Que deixa meu dia amoral
E mostra tudo que tenho um astral
Preciso de você sem dor abdominal
Que venha para ser minha catedral


Ulisses Reis® 




Fome De Amor

Pintura de Salvador Dali


A fome que sinto
não é de comida
É de amor...
Que me rói 
o estômago
me corrói as vísceras
Nada preenche
nada basta
nessa falta de tudo
que me arrasta
ao fundo 
mais profundo
de mim mesma
E essa ânsia 
que me queima o estômago
me consome as entranhas
me rasga
me dilacera
Coração e ventre
Ferida aberta
Aberta ferida


Ianê Mello



Diálogo Poéticos - Colaboradores: Lou Albergaria , Ulisses Reis , Ianê Mello

8 comentários:

Cris disse...

Acho bom um amor assim, essencial que só faz o coração pular no peito! Abraços

Solange disse...

quem me dera tivesse um amor assim..
bjo.

Machado de Carlos disse...

O verdadeiro amor é aquele com a demonstração minuciosa de lembrar-se da pessoa amada: do que ela gosta, do dia do seu aniversário, do seu prato preferido, do seu cabelo, do seu vestido, do seu perfume, qual o lugar em que ela mais gosta de ser acarinhada, de sentir prazer mesmo, etc. Se ela não se esqueceu de tomar o seu remédio. Coisas assim do dia-a-dia.

Marta disse...

Que se abra em mim..
Que, numa carícia, me declare sua...
Não me minta; não me negue a clareza do olhar...
Que me torne o topo do mundo...
E me traga o céu para que eu volte a sonhar....

Beijos e abraços
Marta

Ianê Mello disse...

Obrigada, meus amigos, pela presença e comentários.

Bjs.

Lou Albergaria disse...

AMEI CADA COMENTÁRIO!!!! MAS COMO É DIFÍCIL ENCONTRAR ALGUÉM PARA AMAR....

INFELIZMENTE...

BEIJOS A TODOS!!!!

Lou

Ianê Mello disse...

Se ame, querida Lou, é o primeiro passo.

Grande bj.

Lou Albergaria disse...

Querida Ianê,

EU ME AMO MUITO. POR ISSO NÃO ACEITO "QUALQUER UM". PENSO QUE MEREÇO UM HOMEM QUE SAIBA AMAR DE VERDADE E NÃO SOMENTE SUAS MUSAS...

BEIJO!!!!

Lu

Related Posts with Thumbnails