O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Angel

Formatação: Menina Doce

2 comentários:

Mgomes - Santa Cruz disse...

Ianê; Lindo de Machado Carlos esse seu angel adorei. ja voltei foram duas semanas em cheio retiro espiritual Ordenação a Diácono, casamento do Filho e Baptizado do neto estou imensamente feliz.
Beijos
Santa Cruz

Ianê Mello disse...

Obrigada,Santa Cruz, muito belo realmente o poema de Machado de Carlos. Bjs.

Related Posts with Thumbnails