O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




segunda-feira, 14 de junho de 2010

Desafio poético a partir da pintura

O que esta pintura lhe sugere?
Escreva em forma de verso ou poema.




Pintura de Adolfo Payez


Tristeza


- Bom dia, senhora tristeza!
Tu que me acompanhas todos os dias,
Onde andará a tua amiga alegria?
- Quem sabe está no riso da princesa!

Acostumei com o frio da ventania!
O teu olhar inspira-me certa beleza!
Espero a noite, e, tenho certeza.
Será noite longa e cheia de agonia!...

O tempo com seu manto vagaroso,
Delira neste mundo penoso,
Levando-me a uma glória sem igual.

Deste orbe miserável direi adeus,
Estarei entre as estátuas do Eliseu;
Será o meu Brado Universal!

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1618945



UM ANJO ME ILUMINA

A VIDA É ENCANTO
CORES BELEZAS
SUTILEZAS
AINDA QUE A ANGÚSTIA
DEIXE-ME PROSTRADO
SEM FÉ EM MIM MESMO
COM ABSURDO MEDO
DE VOAR
HÁ SEMPRE UM ANJO
QUE ME ESPREITA
ABENÇOA ILUMINA
MINHA SINA
TRAZ DE VOLTA
TODA A VONTADE DE VIVER
E MAIS AINDA
DE AMAR.


Lou Albergaria


Será tristeza ou abandono
estará cansado ou, talvez com sono

A cabeça pende, a mão segura
a dor ascende, a solidão tritura

Mas, em seu corpo, há cor...
indício de algo que se chama amor?
 


HS


ANGÚSTIA A DOIS




A minha angústia é tanta,
Que eu penso, seja tua.
Ou quem sabe a tua angústia é tanta,
Que eu penso seja minha?!



Rejane Enajer



Sentado aqui com a cabeça
entre as mãos
sinto a vida que passa
Sinto o peso da vida
e a tristeza que me acomete
é desumana
Meu corpo dói...
Cada fibra, cada músculo
Quero me mover
mas algo me faz prostrar
e aqui pemanecer
Estou preso a correntes imaginárias
Enquanto o mundo gira
As pessoas caminham apressadas
Não sei para onde
Deveria segui-las?
Saberão elas para onde vão
ou simplesmente seguem a esmo?
Não, agora não tenho forças
para seguir qualquer caminho
É melhor ficar aqui
Refletir, sentir em mim 
qual o caminho a seguir.




Ianê Mello




  Diálogo Poético - Colaboradores: Machado de Carlos, Lou Albergaria, HS, Rejane Enajer, Ianê Mello

8 comentários:

HM disse...

Será tristeza ou abandono
estará cansado ou, talvez com sono

A cabeça pende, a mão segura
a dor ascende, a solidão tritura

Mas, em seu corpo, há cor...
indício de algo que se chama amor?

Rejane-Enajer disse...

ANGÚSTIA A DOIS

A minha angústia é tanta,
Que eu penso, seja tua.
Ou quem sabe a tua angústia é tanta,
Que eu penso seja minha?!






Um bjãoooooooooo

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Ambos belos. Ainda bem que existe um anjo pra iluminar e eliminar a tristeza. Essa UM ANJO ME ILUMINA, me lembrou minha UM ANJO ME SALVOU. Só que a minha não saiu tão brilhante. Um abraço

Ianê Mello disse...

Obrigada a todos pela linda colaboração.

Grande beijo.

Rodrigo Della Santina disse...

Pessoal, parabéns pela escolha do tema e pelos poemas: estão belos! Faço um destaque ao de Rejane (sem me esquecer dos outros), que me cativou pela singeleza e simplicidade.
Grande abraço a todos,

Marta disse...

Sei que estou cansada...
Sinto-o....Sento-me....
Só não consigo parar de pensar....
Gostava de não pensar...
Só sonhar....mas mesmo os sonhos são uma desilusão...sem cor...sem desejo....
Estou parada no tempo....e talvez seja por isso que todo o meu corpo se tenha contraído e fechado em si...

Beijos e abraços
Marta

Lou Albergaria disse...

IANÊ,

ADOREI SEU POEMA, EMBORA CREIA QUE NÃO HAJA CAMINHO;"FAZ-SE O CAMINHO AO CAMINHAR."

MENINO BEIJA-FLOR, OBRIGADA POR TER GOSTADO DO 'ANJINHO' QUE ESTÁ AÍ A NOS ILUMINAR...

MUITO BONS OS DEMAIS POEMAS; PENA QUE MEIO ANGUSTIADOS, SEM FÉ, QUASE NENHUMA ESPERANÇA...

A VIDA É TÃO BELA!!! BASTA UM SIMPLES OLHAR DE TERNURA...

BEIJOS A TODOS!!!!

Marcelino disse...

É importante que o poeta Machado de carlos retome seu texto e veja a terceira estrofe, pois a palavra "delirá" está com o significado um pouco obscuro, ok?

Related Posts with Thumbnails