O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




quinta-feira, 26 de agosto de 2010

EL NIÑO






No nosso Ninho

O Amor Espera

A Hora de Me Parir






Lou Albergaria

6 comentários:

Sergio disse...

Sabias que és um dos meus amig@s? Venho agradecer-te por existires e seres um del@s...! Se vais ao meu blog saberás a que me refiro... e se queres levas contigo o regalo que, com muito carinho, está pensado para pessoas como tu...!
Mereces mais..., mas é o melhor que posso dar-te hoje... És um presente para mim... E é o que eu posso oferecer-te, hoje, a ti...

Um abraço.

Sergio

Valvesta disse...

Boa espera, com chegada triunfal!, beijos.

Pérola Anjos disse...

Dá até pra sentir as contrações...

Poesia no ar, nos poros!

Beijo!

Ianê Mello disse...

Lindo, Lou.

Linda imagem e haikai.

Bjs.

Lou Albergaria disse...

Obrigada pelas palavras de carinho!

Grande beijo a todos!!!

Ana Tapadas disse...

Belo!
Bj

Related Posts with Thumbnails