O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




domingo, 15 de agosto de 2010

Dance, dance, dance...

Pinturas de Nik Helbig



Dance, dance mesmo assim...
Dance pelos momentos fugazes que nunca mais se repetirão...
Dance pelo botão de rosa, promessa de nova vida...
Dance pelos meninos e meninas de rua, que só conhecem a desesperança...
Dance pelos sentimentos tardios, que nunca deram em nada...
Dance pelos arrependimentos, que sufocam o pecado saudável...
Dance pelo arco-íris, o coveiro da chuva de verão...
Dance pelo amor eterno, aquele que um dia sempre acaba...
Dance pelo primeiro beijo, que reduz o infinito a um segundo...
Dance pelo vestido da Marilyn Monroe, outrora tão recheado da dona...
Dance pelo final de Casablanca, o início de tantas amizades...
Dance pela fabrica da Studebaker, que faliu em 1966...
Dance pela tinta zarcão, que esconde a implacável ferrugem...
Dance pelo anjo-da-guarda, o discreto e bom conselheiro.
Dance pelo sistema plantation, que vai desertificar a Amazônia...
Dance pelo instante do orgasmo, que foi, é ou um dia será...
Dance por você, pensando numa salsa cubana...
Dance pela humanidade, pensando num merengue paraense...
Dance pelos inviáveis, num samba quadradinho e sincopado...
Dance uma valsa vienense, pelo sucesso do seu vizinho...
Dance, dance mesmo assim: pelo teu último sonho, pela próxima notícia,
pelo sol que brilha na praia ou por uma vida nova e repleta de oportunidades...
Dance pelo que você jurou que seria e que ainda pode ser, pois tudo
só depende de sua dança... 
 
 

(Beto Palaio) 
 
 

Feche os olhos e sinta
O toque penetrante
dessas cordas vibrantes
na pungência da emoção
Deixe penetrar em seu coração
e a alma flutuar leve
Libere seu sentir
Não contenha os sentimentos
Simplesmente sinta
...deixe-se fluir
e será como um rio caudaloso
escorrendo e lavando a dor
Sinta o sangue a correr em suas veias
Sim...você está vivo!
Deixe-se tomar por inteiro
A música invadindo seu corpo
e penetranto em sua alma
Apenas sinta...
Solte seu corpo
Se liberte das amarras 

... Se solte...
 
e numa explosão de amor


.....   dance
........       dance
...............         dance .........


a dança do amor sem fronteiras


Ianê Mello

Ouça: Trio Joubran - The music is from album "Sou' Fahm"- Samir Joubran

12 comentários:

Beto Palaio disse...

Nunca um poema meu foi tão bem tratado... Adorei tudo, Ianezinha...

Ianê Mello disse...

Amor,

quer dançar comigo?

Lindíssimo poema. Mostrando sua outra faceta...hum

Estou adorando.

Beijos.

Ianê Mello disse...

Obrigada querido, você merece cada carinho.

Bjs

ღPat.ღ disse...

Danço, porque dançar é vida que flui em mim... faço brotar sorriso nas pessoas tristes que um dia em sua vida já quiseram colocar um fim!

Lindíssimo poema, amigo!
As imagens são nobres...

Abraço!

Zélia Guardiano disse...

Bonito, Beto!
Diferente, criativo, original...
Gostei muito!
Abraço

Marta disse...

Danço na solidão da noite...
Mas a Lua deixa que as estrelas dancem comigo...
Por vezes, tropeçamos...
Outras, rimos, felizes por acertarmos o passo...
O importante, no entanto, é a frescura do riso....

Beijos e abraços
Marta

Naia Mello disse...

Em como você leva sua vida!

Flor de Lys disse...

Acho que estou entrando nessa dança...

Beto Palaio disse...

Grato Ianêzinha e amigos... Ficou repleto de incríveis ofertas visuais e sonoras. Seu poema faz um pás de deux com o meu. Estávamos falando há pouco sobre Fred & Ginger, acho que os dois poemas aqui se completam numa dança sem igual, como a deles... bjs

Vieira Calado disse...

Dancemos todos...

até se escoarem os restos da música!

Saudações poéticas

Ianê Mello disse...

Vieira ,

obrigada pela visita e comentário.

Ianê Mello disse...

Obrigada à todos pelo carinho da visita.

Bjs.

Related Posts with Thumbnails