O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Chuva Fina




Chuva Fina
Massageia-me o rosto
Parece tinta
Escorrendo na tela
Traz consigo, e dá-mo a mim,
O frio sem Forma

RODRIGO DELLA SANTINA

Um comentário:

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

A sensatez no amar faz tudo isso em nossa alma, em nosso ser...mas de vez em quando é muito bom uma loucura desde que não ultrapasse a barreira da 'lucidez'...
Com certeza o pensamento de papai é muito mais profundo, ele era um grande e sensato sábio...um abraço e muito obrigada pela visita.

Related Posts with Thumbnails