O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




sábado, 18 de agosto de 2012

Dialogo Poético : Beto Palaio e Ianê Mello




EU EM SEUS BRAÇOS


Desapareço em seus braços
que se tornam estradas
silenciosos caminhos do amor

Num terno abraço me acalenta
sonhos que adormecem
enquanto a noite tece sua teia

Cavalgamos a colher amoras
beijos de veludos rubros
desejos tintos de vinho

Inebriados sentidos despertos
o amor que se assenta em delícias
perdidos um no outro adormecemos


Beto Palaio e Ianê Mello

*

Pintura de Toulouse Lautrec  “In bed the Kiss”

2 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Perfeita parceria nesse poema envolvente. Parabéns a ambos. beijos.

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Parceria magnifica e perfeita.
Suave e instigante, adorei...um abraço nosso em seu coração.

Related Posts with Thumbnails