O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

P O E T I C A R I A- Ensaio das Palavras: Espelho, espelho meu...

Gostei da análise e da sua profundidade. Não é fácil chegar a uma conclusão, tantos parâmetros haveria que por em equação. Uma coisa é certa, não podemos mudar o percurso traçado pela natureza e de que o nosso corpo é espelho. Assim há que aceitar, mas não descurar o nosso aspeto físico e não ligar demasiado às rugas, pois elas tanto podem ser marcadas por alegrias, como por tristezas e são sinal daquilo que vivemos e de coisas de que muitos não tiveram, nem têm a dita de passar. Porque a vida é isso mesmo, alegria, tristeza, emoção, desejo, satisfação e insatisfação e porque a não podemos mudar, convivamos com ela o melhor possível e aceitando-a positivamente.P O E T I C A R I A- Ensaio das Palavras: Espelho, espelho meu...

Um comentário:

Santa Cruz disse...

Ianê: Fiquei sem meus blogues tive que criar outros dai a minha ausencia.
Beijos
Santa Cruz

Related Posts with Thumbnails