O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




terça-feira, 15 de março de 2011

PALAVRAS SUSPENSAS





Universo em desencanto
faz entoar o canto
do poeta trovador
Em versos, em rimas
desatina palavras suspensas
atira dores ao vento
com o bater de suas asas
Penas de águia,
olhar ao longe.
além do horizonte...
sempre além...
Em suas mãos brotam sonhos
Arco-íris matizados
em adjetivos, substantivos
Singular plural
Coletivo universal
Arquetípico sentir
O poeta cumpre assim
seu papel fundamental:
intérprete do humano


Ianê Mello


5 comentários:

Marcelino disse...

Bela homenagem aos que escrevem como quem sonha com os dedos e constroi mundos com palavras.

R.B.Côvo disse...

"Ser poeta é ser mais alto, é ser maior do que os homens..." Abraço.

Ianê Mello disse...

Obrigada Marcelino.
Bjs.

Solange disse...

saudade de vc..
faz tempo que não entro aqui..
tudo continua colorido!!

bjs.Sol

Ianê Mello disse...

Saudades também, Solange. Tenho postado raramente. Bjs.

Related Posts with Thumbnails