O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




sexta-feira, 25 de março de 2011

Diz-me quem eu sou


Hoje, apeteceu-me
Falar contigo
E de ti.
Hoje
Só quero olhar as estrelas,
Dormir ao relento
Da minha pele,
Desnudar-me
Do nada que sou
E voar!...
Voar como o condor
Em rodopios de azul
Perdido no vento que passa.
Voar…
Voar como quem voa
De paixão, embriagado.
Quero ser
Sol, lua e terra
Quero ser primavera
Flor na tua janela.
Hoje, apeteceu-me
Não ser eu
Quero ser
O outro, aquele, mais alguém
Quero ser todos e ninguém.
Quero ser
Ar, pó e nada
E voltar numa alvorada.
Hoje quero, somente,
Que me digas
Quem eu sou.


Bravo



Asas ecoam ao vento
Semente e flor
Pétalas bailam
Delírio infante
A canção do Condor.

Dos lábios, sou o riso
Da lágrima, a fonte
Sentimento diluído
No sabor do encanto.

Quem eu sou
Ainda flutua
Em placenta
E sonhos...
Lembranças de amor.

Lou Albergaria

16 comentários:

Marta disse...

Quem me ama...
Quem faz parte de mim...
Quem me acorda com serenatas absurdas ou me arrasta para um tango caliente...
Porque, já sabes, eu sou de extremos....
Mas sei sempre quem sou....

Beijos e abraços
Marta

R.B.Côvo disse...

Esse poema é muito bom. Abraço.

M@ria disse...

"Quando algo que você goste acabar,
ou simplesmente ir embora,
lembre-se que as folhas do outono
não caem porque querem
e sim porque é chegada a hora".

(Cristian Arza)

Bom FDS! Beijos na alma...M@ria

Lou Albergaria disse...

Bravo,

Amei seu poema e participar desse diálogo com você!

SUPER BEIJO!!!!

Um ótimo final de semana a todos!!!!!

Amor feito Poesia disse...

Quando uma criatura humana
desperta para um grande sonho
e sobre ele lança toda
a força de sua alma,
todo o universo conspira a seu favor!"

Goethe

BOM FDS e meu carinho...M@ria

Carol Morais disse...

Nossa, senti um arrepio ao ler o poema.
Que lindo.

"Asas ecoam ao vento
Semente e flor
Pétalas bailam
Delírio infante
A canção do Condor."

Embasbacada com tanta liberdade em uma só estrofe!
Um beijo

RosaMaria disse...

Perfeição!

Marcelino disse...

Perfeito diálogo, em q o poeta de além mar questiona e a poetisa mineira tenciona uma resposta. Parabéns aos dois.

Marina Fligueira disse...

Hola? Un poema precioso.


Asas ecoam ao vento
Semente e flor
Pétalas bailam
Delírio infante
A canção do Condor.

Dos lábios, sou o riso
Da lágrima, a fonte
Sentimento diluído
No sabor do encanto.
Delicios. Mi enhorabuena. Un saludo dese España Galicia- Pontevedra. Se muy feliz. MARINA.

Sandra Portugal disse...

Gostei de passar por aqui hoje, pela primeira vez! parabéns pelo blog! Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Filomena disse...

Paz é o sentimento que levo daqui.

Um abraço


Filomena

Xandy Britto disse...

Belo Blog! Tanta gente talentosa! Seguindo, indicando, colocando no meu espaço. E agradecendo a Zélia pela visita. Muito obrigado, querida.

XB

Edna Lima disse...

Lindo demais este seu espaço. Um conteúdo da melhor qualidade.
Obrigada pela visita e o elogio.
Sou iniciante ainda. talvez um dia melhore.
Um beijo grande, Edna campos.

Lou Albergaria disse...

Obrigada a todos pelas palavras de incentivo e carinho!

O Universo conspira... e inspira, sem dúvida!

Beijos, beijos!!!

Close up! disse...

Belíssimo poema!

aikatherine disse...

kuka minä olen? se on hyvä kertomus runon sanoin. Vapautta rakastava tuuli linnun lailla maailmaa katsova.

Related Posts with Thumbnails