O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




quarta-feira, 11 de maio de 2011

PALAVRAS LIBERTAS




as palavras ressoam
retornam ao branco do papel
tingem-no de escarlate
em sombras e deslizes
a mão percorre suave
embora atenta
guiada pelo lamento
que dentro se avoluma
permita, palavra
sua livre expressão
por este ser em conflito
inacabado e imperfeito
que em você ainda encontra
algum refúgio para a dor
que deveras assalta
uma alma atormentada
palavra... palavras...
não se apartem de mim
sejam meu verbo
minha voz entoada
o grito no escuro
o entalhe na carne
em carne viva exposta
palavra tingida
em sangue ungida
palavra que cura
remedeia a ferida
palavra que ganha


........


asas...






Ianê Mello

11 comentários:

Dija Darkdija disse...

O colo, caco que colo
Que cola os cacos de
cansaço e reestabelece
O único porto seguro
Na ilha que vê mar
de desolação e ar
como sua única fuga
e colo como único
refugio. Quero refúgio,
Quero que o colo
cole minha alma

Dija Darkdija. http://dijadarkdija.blogspot.com

Marcelino disse...

Uma comovida invocação ao poder do verbo. Excelente, Ianê.

Ana Morais disse...

Lavarei uma bagagem enorme, quanta delicadeza, intensidade, em cada palavra aqui exposta. Fiquei feliz ao te encontrar.
Irei bater na sua porta mais vezes.

Um grande beijo, Querida Ianê.

F O W L disse...

OLA OLA OLA! Presente pra ti no NOSTALGICO ALLSTAR VERMELHO!!! Aproveite.

Abraços!

http://nostalgico-allstar-vermelho.blogspot.com/

F O W L disse...

OLA OLA OLA! Presente pra ti no NOSTALGICO ALLSTAR VERMELHO!!! Aproveite.

Abraços!

http://nostalgico-allstar-vermelho.blogspot.com/

Flávio Soares disse...

Belíssimo texto, os versos "o entalhe na carne/em carne viva exposta" são impactantes.
Como já dizia Cecilia Meirelles
"Ai, palavras! Ai, palavras! Que estranha potência a vossa!"

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Ianê
E como liberta!!! Tenho visto...
Bjs de paz e ótimo fim de semana.

M@ria disse...

Vejo escorrer entre meus dedos
as areias do tempo
as águas do mar
e até a luz das estrelas
o sonho....o sonho passa inexorável
pelas frestas da eternidade...
e nada nos pertence de fato
a não ser as nossas ilusões...

£una

Feliz Semana e beijos meus! M@ria

Vixuz disse...

Sempre uma grande alegria vizitar esse espaço sempre tem poemas ótimos!

alguns tão reflexivos que eu me vejo refletido. =]

abraços e parabéns, excelente trabalho

Ianê Mello disse...

A todos os amigos meu carinho e agradecimento pelas belas palavras aqui deixadas.
Voltem sempre que será, para mim, um prazer recebê-lo. Grande bj.

Otelice disse...

Ianê querida, como sempre, teus versos ecoam em beleza plena e cala fundo no coração da gente. Obrigada por isso.
Beijo grande no coração, viu?

Related Posts with Thumbnails