O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




domingo, 22 de julho de 2012

Diálogo Poético: Luis Lima e Ianê Mello


"""""""
uma Abelha é 
afinal 
uma larga Palavra 
estendida 
em dúbia fala


Tem o mel 
qual banquete 
à tua pele
e um alfinete
em bico-fel 
para atacá-la 


"""""""
""""(luis lima)



(... canto de bolso... foto windows...)


Da abelha quero o mel
a doçura que apetece
longe de mim o fel
do ferrão que adoece

Banquetear-me em doçuras
esquecendo as agruras
que o reverso pode revelar
as dores do verbo amar

Ianê Mello

Um comentário:

Luis Bento disse...

A poesia é um grupinho de letras com asas e aqui aprende-se a voar...

Related Posts with Thumbnails