O Equilíbrio da Vida (TAO)


O excesso de luz cega a vista.


O excesso de som ensurdece o ouvido.

Condimentos em demais estragam o gosto.

O ímpeto das paixões perturba o coração.

A cobiça do impossível destrói a ética.

Por isso, o sábio em sua alma

Determina a medida de cada coisa.

Todas as coisas visíveis lhe são apenas

Setas que apontam para o Invisível.



(Tao-Te King, Lao-Tsé)




sábado, 6 de outubro de 2012

Dueto




Na espera, as mãos não dançam

*

Então,
Os trilhos
(Cordas desafinadas de um violoncelo)

É hora.

Abraçam-se. Beijam-se.
Infinitamente

Súbito,

                              Desenlace

RODRIGO DELLA SANTINA

5 comentários:

Angela disse...

Lindo, perfeito, amei!
beijo
boa semana

Fred Caju disse...

Mandou bem, Rodrigo!

Dulce Morais disse...

Muito bom!

vieira calado disse...

É preciso saber dosear as coisas, pois...

Um abraço!

Rodrigo Della Santina disse...

Meus caros Fred, Ângela, Vieira e Dulce, muito grato pelas gentis palavras!

Related Posts with Thumbnails